Entendendo a Matriz SWOT: como fazer o planejamento estratégico da sua empresa?

por fev 3, 2020Blog, Empreendedorismo, Matriz SWOT, Planejamento Estratégico, Strategy0 Comentários

Você já ouviu falar da matriz SWOT? Como empreendedor, provavelmente sim.

No entanto, isso não quer dizer que você entenda e domine a metodologia, reunindo as skills necessárias para colocá-la em prática e impulsionar os resultados da empresa. 

Uma matriz – ou análise – SWOT tem como objetivo analisar as Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças de uma empresa, levando em consideração fatores internos e externos, assim como o macro e o micro ambiente. 

A sigla SWOT vem do inglês Strengths, Weaknesses, Opportunities, and Threats.

Dessa forma, podemos entender que a matriz SWOT consiste em uma análise aprofundada e detalhada da situação da empresa. Seu objetivo principal? Ajudar a tomar decisões. 

Sendo assim, o principal objetivo é dar um diagnóstico estratégico que deve prever e prevenir condições negativas, além de firmar diretrizes que façam o empreendimento se diferenciar. Isto porque combina fatores internos (as forças e as fraquezas) aos externos (as oportunidades e as ameaças).

Imagine a seguinte situação: você está insatisfeito com a performance da sua equipe e cogita rever seus processos de trabalho. O mais provável é que você avalie os prós e os contras dessa iniciativa, verificando o que ela tem de bom e de ruim. 

Somente após essa cuidadosa análise você acabará por seguir adiante – ou não. Se você já viveu algo assim, provavelmente tem familiaridade com o assunto de que trataremos aqui.

Uma outra aplicação da análise SWOT é justamente o entendimento do seu posicionamento do mercado, principalmente em relação aos concorrentes. Isso porque fica claro nas ameaças e fraquezas o que outras empresas do mesmo segmento têm, assim como quais são os seus pontos de destaque em relação a eles, nas oportunidades e forças.

Matriz SWOT: por trás da sigla 

A sigla SWOT se refere a:

  • S, strengths, as forças;
  • W, weaknesses, as fraquezas;
  • O, opportunities, as oportunidades;
  • T, threats, as ameaças.

Onde utilizar a análise SWOT? 

A matriz SWOT é usada como base para a gestão. Afinal, ela configura uma maneira prática e visual de enxergar o cenário atual da sua empresa, quais são as oportunidades que podem ser exploradas e quais ameaças devem ser controladas. 

Dessa forma, vale a pena revisar alguns pontos da sua matriz SWOT, garantindo que essas informações estejam 100% atualizadas, para serem  incluídas no plano. 

Como fazer uma matriz SWOT?

1. Escolha o seu objeto de análise 

O primeiro passo para você começar a montar a sua análise SWOT é escolher um tema. Por exemplo, você pode escolher analisar os efeitos de uma mudança de estratégia, reestruturação do time de uma determinada área, ou o posicionamento da sua marca no mercado. 

2. Defina forças e fraquezas

Agora que você já sabe o que vai analisar, defina quais são os pontos fracos e fortes. Descubra quais são as forças: novos profissionais, ar renovado, novas perspectivas de expor seus esforços dentro da empresa, etc. 

É nesse momento que você lista todos os recursos que dispõe, o que de melhor pode ser oferecido, e quais resultados podem ser melhores. 

Em seguida, você deve entender quais são as fraquezas: o tempo de amadurecimento de novos funcionários, aceitação de novos processos, pontos em que os concorrentes são melhores, demora na apresentação dos resultados, e por aí vai. Tudo aquilo que pode prejudicar o cenário que você está analisando. 

É importante ressaltar que esse é o momento para você analisar o micro ambiente interno, ou seja, olhar para a sua empresa e levar em consideração apenas as variáveis que estão no seu controle. 

3. Análise ameaças e oportunidades

Chegou o momento de verificar o ambiente externo. Ou seja, tudo aquilo que você não consegue controlar. 

Nesse quesito, são observadas as oportunidades: novos olhares para os processos que já existem, experiências, tendências em surgimento, novas necessidades, ampliação da marca, expansão da equipe, etc. 

Em outras palavras, tudo o que pode gerar reconhecimento e valor para o seu trabalho e o da nova equipe.

As ameaças também devem aparecer no seu radar. Você deve atentar para todos os perigos que o cenário pode apresentar, como o concorrente antenado às suas mudanças, tendências não significam sucesso, queda na qualidade das entregas, mudança de KPIs… tudo o que puder afetar negativamente a receita ou a imagem da sua nova área.

4. Colocando a matriz SWOT na prática 

Uma das principais vantagens da análise SWOT é que você consegue enxergar as principais informações de um cenário, para analisá-las com mais precisão, sem deixar de considerar fatores importantes no processo. 

Por isso, chegou a hora de refletir sobre as informações coletadas e montar uma decisão favorável!

Quer ficar de olho nas melhores práticas, tendências e metodologias do mercado?   

O Trust Coworking pode ajudar. Fique atento ao nosso blog e não perca nenhum conteúdo.  

Alinhado às tendências mais modernas do mundo do trabalho, o coworking possui localização privilegiada, segurança 24 horas e outras facilidades para tornar sua experiência profissional o melhor possível. 

Clique aqui e conheça um pouquinho mais sobre o Trust Coworking!

Imagens: Divulgação 


Trust Coworking é um coworking situado em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Nosso objetivo é ajudar na jornada de profissionais liberais, autônomos e executivos que estejam em busca de inovação, modernidade, praticidade e segurança. Aliando o fim da longa espera pela burocracia dos aluguéis comerciais convencionais com o que há de melhor no mundo corporativo. Saiba mais clicando aqui.

Leia também

Cansado do home office? Que tal experimentar o coworking?

Cansado do home office? Que tal experimentar o coworking?

Trabalhar de casa pode ser muito confortável, mas também pode trazer imprevistos. Quem nunca ficou sem internet no meio de uma reunião? Ou precisou atender ao interfone? O coworking é uma boa alternativa entre o home office e o trabalho presencial na empresa! Antes da...

Coworking para advogados: conheça os benefícios!

Coworking para advogados: conheça os benefícios!

Você sabia que escritórios de advocacia estão migrando para o coworking?  Nos últimos dois anos surgiu uma tendência mundial que tem levado advogados a procurar espaços compartilhados de trabalho, abandonando o tradicional escritório, tão comum nessa área. ...

5 Dicas para organizar a sua empresa e ter sucesso em 2022

5 Dicas para organizar a sua empresa e ter sucesso em 2022

Você sabia que ainda dá tempo de organizar a sua empresa para ter bons resultados em 2022? Acompanhe! Muitas pessoas acreditam que o melhor momento para organizar os negócios é na virada do ano, mas você sabia que os primeiros meses do ano podem ser o melhor período...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *